• Notícias

CRV Lagoa lança Líder IATF, software inovador para otimizar a gestão de dados da IATF nas propriedades

Thell de Castro Serviços 15 de setembro de 2017

Print Friendly and PDF



O mercado de IATF (Inseminação Artificial por Tempo Fixo) no Brasil segue em crescimento. A técnica se popularizou em 2009, quando os protocolos se estabeleceram. Até então, os índices de prenhez variavam bastante e os custos eram elevados. Com o passar dos anos, foram reduzidos, principalmente por conta dos implantes, que tiveram sua eficiência aumentada, podendo ser reutilizados, e também com a entrada de novas empresas de fármacos voltados à IATF no mercado nacional.

No entanto, a presença da IATF em todo o rebanho nacional poderia ser muito maior. E a principal razão para a baixa utilização dessa importante ferramenta, segundo pesquisas, é a falta de mão de obra especializada para executar, tanto a inseminação artificial quanto a IATF.

A estação reprodutiva do rebanho brasileiro coincide com o período das águas, que vai de outubro a fevereiro. Nessa época, os técnicos que prestam serviço de IATF trabalham duro nas propriedades – às vezes mais de 12 horas por dia – coletando dados dos animais dentro dos currais e anotando em planilhas de papel, os quais são lançados no relatório final, muitas vezes somente no fim do período da estação de monta. Utilizando esse mecanismo de trabalho, os relatórios normalmente serão apresentados ao dono da propriedade somente no mês de março.

Pensando em maximizar o tempo do técnico e aumentar a velocidade da entrega das informações do rebanho, a CRV Lagoa criou o Líder IATF, um software cujo objetivo é proporcionar o uso direto na fazenda pelos técnicos prestadores de serviços, otimizando a gestão de dados da IATF.

Segundo Fabio Frigoni, supervisor técnico de Serviços da Central e responsável pelo programa, a principal vantagem do Líder IATF é que ele foi desenvolvido para ser utilizado no curral, com um computador em mãos. “Com a utilização do software, o técnico reduzirá em mais da metade o tempo gasto com o preenchimento das planilhas. Todo procedimento e controle de animais e de lotes ficam sob o comando dele, com teclas de atalho para não precisar usar o mouse”, ressalta.

O programa também tem interface que reconhece balanças eletrônicas e leitores de chip, coletando e inserindo os dados desses dispositivos em seu sistema. Mesmo trabalhando offline, onde não há sinal de internet ou wi-fi, o técnico pode lançar todos os dados no computador, que salva automaticamente no sistema e depois sincroniza quando for conectado à rede. Depois disso, os relatórios já podem ser acessados pelo proprietário ou responsável pela fazenda de qualquer lugar do mundo, usando login e senha fornecidos pelo técnico.

O Líder IATF também oferece itens como controle de várias fazendas em apenas um programa, controle do estoque de sêmen, além de controle dos custos da IATF. Os usuários também terão à sua disposição, através do software, controle de tratamentos dentro do mesmo lote de manejo; fidelidade nas informações de touros e fármacos – biblioteca virtual; lançamento de partos; relatórios padrões ao término de cada lote e acesso dos relatórios, via web, para terceiros.

O consultor de campo da CRV Lagoa em Campo Grande (MS), Ney Conti, faz uso do software há um ano. Para ele, é o programa mais completo do mercado, por ser robusto e seguro, contemplando todas as possibilidades atuais de manejos de IATF e protocolos. Ele explica que usando o Líder IATF de forma adequada, é impossível a perda de informações. “Os relatórios são bem completos e atendem perfeitamente as necessidades dos médicos veterinários prestadores de serviço em IATF, já que ele pode utilizar o mesmo programa para dezenas de fazendas e milhares de matrizes”, ressalta.

O consultor ainda lembra que a organização de dados é muito grande, bem como a facilidade na geração dos relatórios. “Isso contribui de forma expressiva na tomada de decisões futuras, quanto a uso de protocolos, sêmen e manejos. É a ferramenta certa para colaborar no aumento da lucratividade no uso da IATF”, destaca.

Para Frigoni, o grande diferencial do Líder IATF são os relatórios que ele fornece. “O relatório técnico apresenta dados como prenhez por touro, prenhez por score, prenhez por categoria animal, prenhez por profissional inseminador e tratamento diferenciado dentro do mesmo lote. Já o relatório financeiro mostra dados como custo por IATF e por prenhez, com informações dos lotes e também por animal”, ressalta.

Além disso, todos os usuários do programa são respaldados pelo compromisso da confidencialidade das informações, ou seja, cada um tem acesso apenas aos dados que estão na sua base.

Integração com o relatório Gerar e com o IFert™

O supervisor explica que os veterinários que utilizam os relatórios do Gerar (Grupo Especializado em Reprodução Aplicada ao Rebanho), da Zoetis, também podem acessar e preencher os dados dentro do Líder IATF e obter os resultados em planilhas de Excel.

O programa também pode compartilhar as informações com o IFert™ (Índice de Fertilidade na IATF dos touros CRV Lagoa), índice determinado através de avaliação estatística, disponibilizado pela central, capaz de predizer o potencial de fertilidade dos seus reprodutores de corte dentro de programas de IATF.

As doses são distribuídas dentro de um grupo de contemporâneos e as informações dos animais são tabuladas pela equipe da CRV Lagoa e enviadas à Gensys, empresa especializada em tecnologia e sistemas, que analisa e gera a estatística confiável para cada animal.

Frigoni explica que o usuário do Líder IATF que contribui com os dados do IFert™ não precisará usar mais as planilhas, pois, com a alimentação do programa, ele receberá relatórios gerenciais para ter acesso às informações necessárias para rodar o índice. Com o tempo, todas as informações irão para a mesma base de dados e os dois programas poderão compartilhar os relatórios. “A principal vantagem da sincronização dos dois programas é a certeza de que o touro informado é o mesmo que está sendo usado no campo. Isto porque, até então, ocorriam erros de escrita, animais podiam ser usados em duplicidade e a informação era perdida. Com a utilização do Líder IATF esse erro não ocorrerá mais”, ressalta.

Além disso, o colaborador do IFert™ recebe informações antecipadas por ajudar no fornecimento dos dados para o estudo. Por isso, quando os resultados são gerados, eles serão os primeiros a terem acesso. “Se o touro for bem no índice, significa que será valorizado no mercado. Então, esse colaborador pode antecipar a compra”, explica.

Clique aqui ou na imagem abaixo para conferir como baixar o Líder IATF