• Leite Europeu » Navegadores » Eficiência

Todo produtor, onde quer que esteja no mundo, define metas para sua fazenda. Esses objetivos podem ser diferentes, dependendo da fazenda ou da região, mas o rebanho está sempre no centro e no coração do negócio. As mudanças nas condições de mercado e do ambiente em que a fazenda está localizada terão impacto sobre a forma como o rebanho é gerenciado. É por isso que os produtores de leite sempre pensam um passo à frente: onde eu pretendo chegar? Que tipo de rebanho eu preciso ter para chegar lá?

A CRV Lagoa compartilha o compromisso do produtor com a evolução do rebanho e sente-se responsável em ajudá-lo a alcançar os melhores resultados possíveis. A chave para isso tudo está no bom manejo do rebanho.

É por isso que desenvolvemos o Navegador de Resultados CRV Lagoa, detalhando a nossa visão de como funciona um manejo saudável do rebanho. Afinal, uma boa gestão do rebanho depende de muitos fatores e os produtores precisam ter sempre uma visão ampla e conectada com todos eles.

Concentramo-nos em três pilares para nossa abordagem sobre o manejo do rebanho, que podem fazer toda a diferença na grande maioria das propriedades de leite no Brasil. São elas: conhecer sua realidade, planejar e melhorar.



A crescente demanda mundial por alimentos requer a produção eficiente, com respeito ao
meio ambiente. Eficiência é a palavra-chave. Para muitos criadores a produção eficiente tem prioridade sobre a produção máxima. Eficiência significa menor necessidade de matéria-prima (alimentação animal e fertilizantes minerais, por exemplo) por kg de leite, beneficiando portanto o meio ambiente. Produção eficiente significa também trabalhar com animais mais saudáveis, com elevada longevidade, especialmente em fazendas leiteiras.

A CRV Lagoa está no início da cadeia de alimentos. Por isso, estamos numa posição única para ajudar os produtores a produzir leite de forma sustentável e responsável. Para tanto, introduzimos o conceito inédito de Vida mais Eficiente, que busca o aumento da ingestão e da conversão alimentar da energia contida nos alimentos em leite produzido. É um grande aliado para o incremento dos resultados técnicos e financeiros das propriedades leiteiras, com a melhor utilização dos recursos naturais disponíveis. Isto significa vacas mais eficientes, além de melhores resultados econômicos.